Subir
Imagem alt

Suor e bem estar

E A CENOURA? Em época de chocolate, esperto é o coelho!

Todo mundo já pensando no ovo de Páscoa, mas o coelhinho não quer nem saber de chocolate. O negócio dele é uma boa cenoura e não faltam razões para dizer que ele está mais do que certo. Cheia de nutrientes e vitaminas, a raiz possui inúmeros benefícios para quem a consome com frequência. E se você ainda tem dúvidas, listamos alguns motivos para colocá-la de vez em sua dieta.

 

É ótima para os olhos.

 

O betacaroteno encontrado na cenoura é transformado em vitamina A no nosso organismo. A vitamina A evita a cegueira noturna e ajuda a prevenir a ocorrência de outras doenças que afetam a visão, como a catarata e a degeneração macular associada à idade.

 

Ajuda no combate ao câncer

 

A cenoura é a única espécie que produz uma toxina antifúngica denominada de falcarinol. Trata-se de um “pesticida” natural; um metabólito que ela produz para se proteger. Estudos mostraram que o extrato de cenoura conseguiu conter o crescimento de células de câncer de cólon e que tal atividade foi proporcionada pelos seus poliacetilenos, sobretudo o falcarinol.

 

Faz bem para o intestino

 

O consumo de cenouras é recomendado no caso de diarreia por sua riqueza de vitaminas, o que ajuda a reintegrar o organismo, e pela pectina, útil para o funcionamento do intestino.

 

Boa para o coração

 

A cenoura apresenta uma quantidade e qualidade extremamente significativa de antioxidantes (vitamina A, C, E). A combinação desses agentes garante muitos benefícios para o sistema cardiovascular, afinal muitas enfermidades que acometem o coração têm em sua origem um estrese oxidativo.

 

Controla o colesterol

 

A cenoura contém uma grande quantidade de fibras solúveis, sobretudo a pectina, que estimulam a produção da bile (e para esta síntese o fígado recruta o colesterol presente no sangue). Um estudo feito nos Estados Unidos revelou que pessoas que comeram 1 xícara de cenoura, diariamente e durante 3 semanas, tiverem uma redução dos níveis de colesterol.

 

Reduz a pressão arterial

 

Ricas em potássio, um vasodilatador, a cenoura relaxa a tensão nos vasos sanguíneos, o que permite uma melhor fluidez ao sangue (o que diminui a pressão arterial).

 

É boa para o cérebro

 

Uma pesquisa feita na Holanda revelou que o betacaroteno protege o cérebro dos efeitos do envelhecimento sobre a capacidade cognitiva. Um estudo feito em Harvard, mostrou que homens que consumiram suplementos de betacaroteno (50 mg, em dias alternados), tiveram uma desaceleração desse caimento cognitivo, levando em conta os resultados do grupo que recebeu o placebo.

 

Ajuda a emagrecer

 

Pouco calórica, a cenoura é um alimento altamente nutritivo. A vitamina A ajuda a diminuir a gordura abdominal. Já a vitamina C, ajuda a queimar gorduras durante a prática de atividade física. Uma pesquisa publicada no Nutrition & Metabolism mostrou que jovens que apresentam níveis mais baixos de vitamina C queimaram 25% menos gordura, durante a realização de exercícios, comparando com aqueles que têm quantidades normais da vitamina. As fibras da cenoura também auxiliam a perder peso. Segundo a Colorado State University, as fibras estimulam uma maior mastigação, o que proporciona uma sensação de saciedade.

 

E não para por aí:

 

Uma pesquisa revelou que pessoas que sofreram um AVC, mas que tinham altos níveis de betacaroteno no organismo, apresentaram um maior índice de sobrevivência. A ingestão diária de uma cenoura diminui as chances de acontecer um acidente vascular cerebral em até 68%.

Crianças devem comer cenoura, pois a vitamina A auxilia no desenvolvimento infantil.

A cenoura também é ótima para o fígado, pois o protege da toxicidade de algumas substâncias.

É uma aliada da saúde bucal. Só o fato de mastigar a cenoura já ajuda a promover a limpeza dos dentes. Comer cenoura também estimula uma maior produção de saliva, fluido corporal que participa do combate às bactérias causadoras de cáries e mau hálito.

A vitamina A e os demais antioxidantes da cenoura são ótimos para a pele: protegem as células da ação dos raios solares. Além disso, a vitamina A auxilia na prevenção de rugas, acnes e manchas da pele.

O consumo evita a deficiência de vitamina A, que deixa as unhas e os cabelos secos, e pode causar a xeroftalmia, ressecamento da pele a nível patológico.

 

E na hora de comer vale duas dicas finais: Dê preferência à cenoura crua. Quando a cozinhamos, sobretudo por muito tempo, perdemos uma boa parte de seus nutrientes. E, por último, ao ralarmos ou centrifugarmos a cenoura, ela fica mais exposta à luz e com isso a vitamina A sofre uma reação química de decomposição. Se precisar usá-la dessa forma, consuma-a o mais breve possível.

FONTE: Centro Científico Conhecer

Oquê achou dessa postagem?