Subir
Imagem alt

Suor e bem estar

MASTIGUE! Comer da maneira correta é essencial para a boa saúde

POR Palmyra Santa Rosa

Você pode até não perceber, mas, está comendo errado. Por mais que se esforce, sempre haverá as ocasiões em que a falta de tempo o obrigará a comer de forma rápida. As consequências? Bem mais que uma simples má digestão já que o processo de mastigação é fundamental para o bom funcionamento do organismo.

A alimentação é fonte de vida e por isso é comum encontrarmos pessoas preocupadas com a qualidade e tipo de alimento que estão ingerindo. Entretanto, poucas dão a devida atenção à importância da mastigação, que é a primeira etapa para uma boa digestão e saúde como um todo. Uma mastigação ineficiente pode levar à boa parte dos problemas digestivos, como azia, má digestão e a sensação de mal-estar. Esses transtornos são comuns em algumas pessoas e isso pode ocorrer quando se engole alimentos em pedaços grandes e o estômago precisa de maior esforço para digeri-los.

Para ter uma mastigação eficiente é necessária a presença de todos os dentes e seu bom posicionamento na arcada dentária. Cada tipo de dente tem sua importância, os incisivos agem como uma tesoura, pois sua função é cortar a comida; já os posteriores agem de forma mecânica, triturando os alimentos em pedaços menores. Quando um deles falta, o processo mastigatório sofre prejuízo.

Outro fator importante é a saliva, que contém uma enzima que transforma a digestão em um processo mais rápido e saudável. Cáries ou excesso de sensibilidade também podem levar ao uso mais intenso de um lado da dentição do que do outro. Porém, não é apenas no processo digestivo que a mastigação incorreta pode prejudicar. Pode influenciar na dentição, na ATM (articulação temporomandibular), podendo causar dores de cabeça, problemas nos músculos da mastigação e na respiração.

Quando se mastiga bem os alimentos, a sensação de saciedade é maior. Ou seja, a pessoa se sente satisfeita com uma menor quantidade de alimentos e isso ajuda no controle de comida ingerida. E além de todos os benefícios para a saúde, com uma mastigação mais completa, os sabores dos alimentos também ficam mais intensos. Para prevenir tais problemas e realizar os tratamentos adequados, é necessário procurar um Cirurgião-Dentista de seis em seis meses para avaliação e ter uma saúde não só da boca, mas de todo o organismo.

No dia a dia, algumas dicas podem contribuir para uma mudança de hábito. Esqueça os talheres enquanto mastiga, dessa forma você evita levar mais comida a boca com ela ainda cheia. Aprecie com calma o sabor da comida e a textura dos alimentos. E nem pense em fazer suas refeições diante da TV. Para mastigar bem e lentamente é preciso se concentrar na refeição. Reserve um horário para as principais refeições do dia. Aprenda: tão importante quanto o que você come é como você come.

 

Oquê achou dessa postagem?