Subir
Imagem alt

Suor e bem estar

MEU AMIGO PERSONAL: Eles vão além das planilhas e inspiram alunos

Motivação! Essa é a nossa redundância. Difícil não encontrar a palavra em nossos textos e admitimos que dessa mania não seremos curados. Por quê? Porque ela é o principal combustível de quem busca ter qualidade de vida, o impulso interno que leva a ação, que te direciona ao objetivo. E de maneira inseparável, a discussão sempre leva a uma mesma questão: como manter-se motivado?

Desta vez buscamos a resposta visitando dois centros de treinamento onde o que não falta é incentivo. Observamos de perto quem costuma produzir esse combustível e aqueles que se beneficiam dele. Estamos falando dos personal trainers e seus alunos, mas não da maneira pragmática. Esqueça a figura tradicional do instrutor de academia, procuramos o segredo dos que vão além dos treinos impressos sobre pranchetas e que não vendem apenas um empurrãozinho. Eles ultrapassam esse limite e tomam a frente da carroça, te puxam pra valer e te fazem ir muito mais longe do que podia imaginar.

A primeira parada foi na Tribo Fitness Maceió, no bairro da Serraria. Acompanhamos os treinos de fim de tarde e notamos toda a diferença que uma boa assessoria faz. O acompanhamento dos exercícios vai bem além do WOD escrito no quadro. Durante cada série, olhares atentos de instrutores para cada movimento, sempre atentos a qualquer correção. O personal trainer André Camilo nos explicou porque é tão importante ter um profissional envolvido no gerenciamento da atividade física. “Treinar com um profissional qualificado, faz com que o aluno ou atleta, consiga de maneira mais eficaz alcançar seus objetivos em um menor espaço de tempo. O profissional vai analisar e corrigir mais rapidamente, algum erro, falha ou deficiência e desse modo aplicar um treinamento adequado”, disse.

André também destacou um problema atual vindo das receitas gratuitas encontradas na internet. “Hoje em dia a moda é buscar treinos na Internet, de atletas ou blogueiras Fitness. E o que vemos são pessoas fazendo exercícios de maneira errada apenas porque viu alguém que ela segue em uma rede social fazendo. Não sabe se aquele exercício está certo, não sabe o grau de dificuldade para realizar, não tem conhecimento se aquele exercício vai ajudar ou, simplesmente, lesionar por ser mal executado. O treino muitas vezes pode ser geral, mas cada indivíduo reage a ele de uma forma diferente, então é melhor ter cuidado antes de sair copiando tudo que se vê na Internet”, alertou.

É importante salientar que também não será qualquer profissional que lhe servirá. Para um bom desempenho é essencial a escolha casadinha entre uma atividade ideal e um profissional especializado naquela modalidade. André orienta que, ao procurar um profissional, é preciso pesquisar sobre ele, checar referências, saber como ele trabalha e só então decidir se é o melhor para o que está buscando. Um aluno ou atleta bem instruído consegue resultados muito bons quando trabalha em conjunto com seu treinador.

Com tanta interação envolvida, tornar-se amigo do personal não é algo novo, mas a relação ganhou nova dinâmica com o avanço da tecnologia e as mais diversas formas de comunicação que implodiram os limites da academia. A intimidade se ampliou e o monitoramento mútuo passou a exigir bem mais, tanto de alunos quanto dos profissionais de educação física, que agora motivam não só impulsionando os exercícios como também pelo estilo de vida que possuem. Além da capacitação e permanente reciclagem, os personal trainers mais procurados possuem habilidades comuns a outras áreas, por vezes fazem o papel de psicólogo, conselheiro amoroso ou analista financeiro.

O personal Edwin Luz, o Foguete, é uma dessas figuras que recebe dos alunos mais que dúvidas sobre os exercícios. A frente do BOX7, ele começa dizendo que ter um profissional do seu lado reduz a distância entre sua vontade e o destino final. Fazendo uma alusão, comenta que com assessoria o caminho é em linha reta, sem curvas e sem risco de acidentes no percurso. E ele foi bem claro ao alertar que “quem se aventura em fazer o que não sabe, desconhece os resultados que terá”. Foguete defende, inclusive, a regulamentação de treinos na internet, onde qualquer um vende o que quer, induzindo muitas pessoas ao erro, que neste caso pode representar graves riscos à saúde.

E é por essa e outras que ter um acompanhamento profissional é algo indispensável para quem deseja praticar atividade física regularmente. Além de segurança, eles irão te guiar da maneira correta e quando o feeling é recíproco não tem jeito, se tornam verdadeiros gurus, ensinando que o incentivo passado nas aulas serve para a vida e se aplicam nos estudos, trabalho e realização de sonhos. Para tudo é preciso dar duro e suar a camisa é tarefa básica para quem quer obter bons resultados. E não pense que a amizade facilita os treinos. Muito pelo contrário. Eles não passam a mão na cabeça e costumam exigir ainda mais dos alunos. Bronca é coisa corriqueira pra quem acaba saindo da linha e a prenda costuma lembrar que é preciso ter foco, disciplina, determinação e paciência. O corpo saudável é algo certo com eles. De bônus, um gás extra para alcançar o sucesso em outros planos.

 

POR Antonio Maria do Vale

Oquê achou dessa postagem?