Subir
Imagem alt

Suor e bem estar

NO PAIN! NO GAIN! Por que sentimos dores musculares após praticar atividade física?

Por Laura Cavazzani

Você já sentiu dor até para descer uma escadaria ou escovar os dentes depois de fazer exercícios, principalmente quando se inicia uma atividade física? A dor é inevitável tanto para iniciantes como para atletas, mas o importante é saber até que ponto ela é considerada normal ou está se tornando maléfica.

Se você é iniciante, se está sem praticar exercícios há muito tempo, qualquer atividade irá causar dores musculares no dia seguinte podendo se prolongar até mais dois dias. Isto porque o organismo precisa de um tempo para se adaptar a novos esforços. Se você fizer o mesmo treino por um determinado período (em média de 2 a 3 meses) o seu organismo irá se adaptar a intensidade do exercício feito e esta dor irá desaparecer aos poucos.

Mas, sempre que você fizer exercícios físicos ou atividades físicas diferentes ou aumentar a intensidade dos exercícios que já está fazendo, ou ainda ficar um tempo sem fazer os exercícios e voltar aos mesmos proporcionando novos estímulos ao corpo, esta dor reaparecerá.

Os treinos mais intensos darão maior probabilidade a que isto aconteça, por isso os atletas também aprendem a conviver com a dor e evitar lesões. Não é que seja preciso sentir dor para fazer exercícios, e que estes surtam efeito, aliás, se você sente dor durante o exercício é sinal de que está forçando além do que deve ou que já é hora de parar e diminuir o ritmo ou a intensidade do exercício.

Por que ocorre a dor? A dor em questão tem nome e sobrenome: DMIR (Dor Muscular de Início Retardado), e é um tipo de dor que todos têm de superar, pois, ocorre sempre que um músculo de seu corpo não está acostumado a determinado esforço, isso, diga-se de passagem, é uma forma de proteção ativada pelo organismo.

A dor muscular tardia, geralmente, manifesta-se após as 8 primeiras horas do exercício, atinge o seu pico entre 24 e 72 horas, e diminui depois. Ela é provocada por micro lesões nas fibras musculares ocasionadas pelo esforço físico intenso ou pela prática de alguma atividade física a qual não estamos acostumados a realizar. Quando essas lesões ocorrem, as fibras musculares criam mecanismos de recuperação para reparar os danos causados. Esse mecanismo é esperado, pois aumenta a resistência e a hipertrofia (aumento) muscular.

Como tratar essa dor? É simples, continue normalmente com suas atividades físicas e o seu corpo se acostumará normalmente. No caso específico da musculação, essa dor pode durar até uma semana e você não deve se assustar, pelo contrário, ela é o significado de que você está exercitando músculos que não estavam acostumados de fato. Se você tem sentido essas dores há mais de uma semana relate isso ao seu treinador para que seja feita uma reavaliação de seu treino.

Dicas:

  • Fazer compressas de gelo, que é um processo anti-inflamatório, pode ajudar a diminuir a inflamação nos músculos. Faça pelo menos 2x por dia por 10 minutos.
  • Algumas pessoas precisam tomar um anti-inflamatório, mas nestes casos é essencial que um médico faça a prescrição do melhor medicamento para você.
  • Respeite o período de repouso, não treinando o mesmo grupo muscular em dias seguidos ou alternando exercícios intensos com moderados.
  • Se estiver com muita dor não treine. Descanse, mas não desista!
  • Não se esqueça de fazer muito alongamento antes e depois dos exercícios, pois estes também ajudam a relaxar a musculatura depois do esforço.

Oquê achou dessa postagem?