Subir
Imagem alt

Suor e bem estar

SAÚDE BUCAL COMEÇA NA INFÂNCIA: A importância de tornar a escovação um hábito

POR Palmyra Santa Rosa

 

É fundamental cuidar da higiene bucal em todas as etapas da vida. Mas, quando ela já começa desde bebê, ajuda a prevenir muitos problemas na fase adulta. Os cuidados devem ser iniciados antes mesmo que apareçam os primeiros dentes.

Os pais devem higienizar a boca da criança com gaze umedecida, pano limpo úmido ou um massageador de gengiva, após amamentação ou uso da mamadeira e, principalmente, antes de dormir. Ao aparecer o primeiro dente, a higiene deve ser feita por meio da escovação com cerdas macias.

Os primeiros dentes nascem em torno dos 6 meses e são mais conhecidos como dentes de leite. Apesar de caírem logo, eles desempenham um papel importante, ajudando na mastigação e adequada digestão dos alimentos, além do desenvolvimento correto da fala. Os dentes de leite também guardam o espaço para dentes permanentes e auxiliam a guiá-los ao lugar correto na hora de nascerem.

O que poucos pais sabem é que esse cuidado pode ser crucial para a vida adulta da criança. É importante ficar atento para as crianças que se alimentam durante o sono. Essa pode ser uma armadilha grave. Por isso, os pais devem fazer a higienização após a refeição mesmo com a criança dormindo.

A frequência da alimentação da criança, também é importante para dentes saudáveis. Lanches muito frequentes e o consumo excessivo de açúcar podem aumentar o risco de cárie. As bactérias que vivem nos dentes se alimentam desses resíduos de comida, produzindo um ácido que desmineraliza o esmalte do dente. Como a saliva tem o poder de repor minerais no dente, se seu filho está sempre comendo, não haverá tempo para esse processo de reposição de minerais, surgindo a cárie.

A maioria das pessoas, quando pensam em açúcar, lembram-se do açúcar branco encontrado em balas e confeitarias, mas todos os alimentos que contêm carboidratos irão, no final das contas, serem quebrados até a forma de açúcares.

A escovação deve ser de responsabilidade dos pais. Mesmo quando a criança escova os dentes sozinha, o adulto deve verificar se ela está higienizando corretamente. Dessa maneira, é possível realizar um trabalho preventivo e evitar a perda precoce de dentes por problemas de cárie e doenças gengivais, como gengivite ou periodontite. Problemas como os de mordida, dentes tortos, dores na articulação e bruxismo, que costumam ser percebidos tardiamente, também podem ser corrigidos enquanto criança e a tempo de evitar agravantes no futuro.

Quanto antes for iniciado os cuidados com a boca, maior chance do sucesso no desenvolvimento dentário. A criança dificilmente esquecerá os conceitos básicos da higiene bucal e conseguirá entender a importância de cuidar da boca para o resto da vida. A dica é criar nas crianças bons hábitos de higienização e cuidados com a alimentação.

Oquê achou dessa postagem?